Sobre

The cats

I looked at your profile and contemplated the soft beauty of your face. Your blond hair fits perfectly with the light reflected in your green eyes, and the red lipstick that surrounds your mouth.

I looked into your face, and I say if it were not true I would refuse to believe you were Brazilian, I would call you Celtic and for me you would be from Scotland or Ireland.

Perhaps only your cats have an understanding of your beauty, and only they contemplate your beauty in your home. My heart is homeless, my heart is a homeless cat wandering on city nights.

Somos ondas do mesmo mar

O silêncio é o sinal que o último canhão foi silenciado. É tempo de se erguer e renascer das cinzas e começar tudo do zero. Os pássaros voltaram a cantar e junto com eles veio a brisa do amanhecer.

Não somos mais os mesmos quando éramos há um tempo atrás, e esse tempo que passou agora devemos esquecer, pois a vida ressurge como o vento espalhando cinzas ao ar.

É tempo de luta! E é tempo de deixarmos todas as diferenças presas ao passado, o sol ressurge afastando a escuridão que tomou conta de nossos rostos, e o vento insipido e gelado vai esculpindo nossos laços deixando todas as marcas e feridas depositadas no fundo do mar.

Tudo parece tão cinza

As ruas estão tranquilas, e não escuto mais o barulho ensurdecedor dos automóveis e das pessoas se movimentando na minha cidade, e tudo parece tão cinza.

O medo está no olhar e nos passos de cada indivíduo, ainda há alimentos no mercado, mas do jeito que as coisas andam daqui há alguns dias não haverá mais nada.

Os pequeninos ainda brincam nas ruas e nas praças sem entender o que se passa com seus vizinhos e seus pais. As pessoas estão mais solidárias, talvez é preciso ter uma peste para despertar a compaixão nas pessoas.

As fábricas deram férias coletivas, os caminhões estão parados, o medo está instalado em cada indivíduo, mas estamos vivos, e vamos continuar vivos, essa onda que agora observamos, é apenas uma tempestade, e as tempestades não duram para sempre.

But life still goes on

A título de informação eu senti muita saudade, confesso. A título de pouca informação ficamos parados procurando o que fazer. Teus cactos estão guardados, seja os de parede, seja os cactos artificiais, seja o último beijo amargo que você deu quando desapareceu.

Na última noite eu te procurei, senti saudade, senti vontade de correr para os teus braços e me afogar nos teus beijos. Eu revi tuas fotos, eu revi o sorriso mais lindo do planeta terra, eu não sei quantas primaveras tu tens, e isso não me interessa, isso não me interessa.

Anoitece no planeta terra, as pessoas continuam loucas procurando o que fazer, as pessoas vão vivendo a cada dia procurando um sentido para vida, as pessoas envelhecem sem ter vivido.

E isso é tão comum, nessa fase da vida achamos tão comum ver as pessoas desaparecerem, seja pelo o último suspiro de vida, seja porque não se suportam mais, e assim vamos seguindo, assim a vida vai seguindo.

Epidemia

Tempos ruins se aproximam! É a nova peste diz a mídia, é o cheiro de morte que se desloca em velocidade a jato, é o fim dos tempos como dizem os fanáticos.

Todos querem sobreviver, todos nós queremos nos proteger desse novo vírus que deixa uma legião de mortos por onde passa, e não sabemos como será o dia de amanhã.

Na história da humanidade as bactérias e os vírus devastaram mais que as guerras, nem a posição do mais nobre homem resiste aos efeitos que os micróbios causam.

A Yersinia levou 100 milhões de vida, a influenza espanhola 50 milhões de vida, e não sabemos se vamos sobreviver ao Coronavirus, não sabemos como será o dia de amanhã, simplesmente não sabemos.

César Palatino, autor.

A verdadeira história de amor não contada

As lendas são as mesmas, mas essa história de amor não é igual como tantas outras oriundas do período medieval, ou dos mitos germânicos e celtas, ou do trovadorismo português do início de sua formação como Estado. Essa história de amor envolve o sacrifício e a coragem de um padre que abandona todas as perspectivas para salvar a vida de quem o deu um sentido e uma esperança, e lhe mostrou a verdadeira personalidade de seu caráter. A Europa estava mudando, a mente das pessoas estavam mudando, e precisamente por volta do XVII um padre italiano chamado Cesare Milano foi enviado a Espanha como ouvinte do julgamento da judia Sarah Levy, que como seus pais não se converteram completamente ao cristianismo, e foi denunciada ao tribunal da Santa Inquisição, por seu vizinho, o comerciante de roupas Juan Viegas. Sabe-se que a família Levy era concorrente direta dos Viegas, e tinham maior diversidade de mercadorias já que traziam de toda a Europa e do Oriente roupas comercializadas pelos os comerciantes judeus. Em virtude disso e tomado pela a fúria da inveja, Juan Viegas denunciou toda a família ao tribunal da Santa Inquisição, onde colhida falsas provas que a família Levy violava os princípios do cristianismo, tinham pacto satânico, e continuavam praticando a fé judaica, mesmo convertidos e batizados como cristãos, foram denunciados e levados a tortura, sendo executados rapidamente os pais e irmãos de Sarah, todos os bens foram divididos entre a igreja católica e o autor da denúncia, Juan Viegas, que após isso, conseguiu o que sempre desejou, eliminar a concorrência e expandir os negócios. Cesare Milano tinha uma educação intelectual e era contra em seu íntimo as práticas de julgamento do tribunal da Santa Inquisição, pois via como um tribunal de injustiças contra a existência do homem. Ao ser designado para acompanhar o julgamento da judia Sarah Levy, sentiu curiosidade e queria ajudar de certa forma a salvar a vida moça, que para ele não cometeu crime algum, mas seus esforços foram em vão, e a bela e jovem Sarah Levy foi condenada pelo o tribunal a pena de morte na fogueira em praça pública, na histórica e secular cidade de Toledo.
Inconformado com tal decisão da instituição que se dedicou por toda sua vida, Cesare Milano, se apossou da remessa de dinheiro da Igreja Católica que seria destinado a Roma, e traçou um plano para fugir para o Brasil, precisamente para Recife, capital administrativa da colônia holandesa, onde receberiam apoio da comunidade judaica na cidade. Partiram em uma nau das Índias Ocidentais que se encontrava estacionada na costa do Marrocos, e zarparam sentido ao Mauristadt, a cidade do Conde Maurício de Nassau.
essa altura da vida, Cesare Milano e Sarah Levy já estavam apaixonados, ele por amor abandonou a vida eclesiástica que era orgulho para o pai e para a mãe, ela que não tinha mais família, viu nascer na figura de Cesare Milano o caminho para viver e continuar seguindo em frente. Mas nas revoltas que o mundo dá, sua fuga espetacular foi denunciada e colocada recompensa pela a cabeça dos dois, ódio esse vindo da coroa espanhola e da Igreja Católica, por ter perdido a lucrativa remessa que ia manter os luxos do papado na cidade eterna. Ao passar pela a costa da Paraíba, em direção a Mauristadt, seu navio foi atacado por outro navio de patrulha espanhol e afundou onde hoje é a praia de Tambaba, não chegando ao destino final, permanece sobre os recifes de corais da praia de Tambaba, um amor verdadeiro e que se eternizou nas profundezas dos mares.

Agora é você quem procura

O perfume que você gostava eu não uso mais. Eu mudei, você mudou, peguei o primeiro caminho que dava sentido a tua casa, peguei de volta esse mesmo caminho, e foi o último momento que você me observou desaparecer na longa estrada.

E você era tudo o que eu queria, e você era tudo o que eu tinha, porque para mim você era todo o tempo, e para você eu não passava de momento, talvez um pequeno instante, naquele curto instante que olhávamos um para o outro.

Em mim não há mais saudades, deixei tudo embrulhado em um pequeno pacote em frente a tua casa, nessa altura da vida, a minha vida não tem mais vazio, nessa altura da vida é você quem olha as fotografias de nossa aventura na terra.

Agora é você quem procura preencher o seu vazio na vida que te consome, procura ser aquilo que nunca fomos, procura esquecer todo o peso da melancolia que carregas nos olhos.