Bella Donna (Pirralha)

Me doeu por saber que estavas bem. Que aqueles lindos dias que vivemos já não te importava mais. Você passou a viver a sua vida sem ligar para ninguém, sem se importar para o mundo.

E eu em minha loucura solitária, comecei a ver e a sentir as estrelas. Pois, só quem pode sentir as estrelas pode confessar que já viu o amor desenhado no espaço.

Que este amor que estou sentindo nunca mais se perca dos caminhos dos teus braços. E para confessar esse amor que eu sinto, tive que enterrar todos os monstros que caminham ao meu lado.

Eu te carreguei por tanto tempo ao meu lado, não como uma figura morta, um peso dentro de mim. Te carreguei em minhas lembranças, em minhas memórias, você sempre foi a lembrança mais linda, você é a razão de te amar!

Publicidade

Quando te vi

Quando te vi, o tempo parou a minha volta! E em tudo o que eu fazia, e em tudo que sentia, eu pensava no teu nome. Esquecer-te é impossível, como querer-te era tudo que me movia.

Hoje fosse embora, e em meus lençóis ficaram o teu perfume, como ser possível dizer que te esqueci? Se acho que te amo até mesmo antes de nascer! Talvez, as estrelas completam o teu nome.

Talvez a máquina locomotiva seja você! E é você tudo que eu mais espero, mesmo tendo desaparecido por vários dias de tua vida, quando te vi, cada batida passou a descrever minha vida.

E se eu pudesse e se existisse outra vida, eu queria nessa nova vida te conhecer novamente, queria poder dizer olhando em teus que eu te amo!

Meu coração palpita

Meu coração palpita quando sabe que o teu está bem, e isso não é uma construção narrativa pra te conquistar. Por mais que eu quisesse te imaginar em meu mundo eu não poderia. Teu coração vaguea por nebulosas e constelações onde o meu foguete não pode alcançar.

Que você apenas saiba que do outro lado do universo definidos pelos os meus pensamentos, há um coração que palpita quando sabe da alegria que o teu passou a conquistar.

Que minha breve existência aqui na terra, seja testemunha, que por mais que o universo conspire contra nós, ainda há em uma escala não definida, um coração batendo por saber que o teu anda bem.

стихотворение для мира

A Rússia de hoje está me impondo medo, e isso não é um blefe. A minha volta todos comemoram ou andam angustiados com suas vidas felizes e entediantes, em minha mente apenas a guerra nuclear me dá medo.

O mundo de hoje parece que retrocedeu a 1939, a Rússia parece a Alemanha Nazista procurando uma revanche por ter perdido espaço no cenário mundial, invadindo e conquistando territórios onde habitam indivíduos étnicos.

O mundo é horrível e é duro de se viver, mas nele existe todas as maiores maravilhas que os nossos olhos podem contemplar, não merece ser destruído por um homem embriagado por status e ânsia de poder, os russos são maiores que Vladimir Putin e vão sobreviver.

Duo corda in amore

Falei palavras de amor para ela, desses amores únicos de momento. _Nem venha com essa conversinha, sabe que eu me derreto toda. Fico vulnerável. Deixe eu pensar que você “nem liga pra mim” que “tanto faz, tanto fez”. Assim disse ela.

A beleza dela habita em mim, é parte dos meus pensamentos e dos meus órgãos. Ela disse que viu em mim um campo de flores, e que no final o que existia mesmo eram espinhos. E o silêncio foi tudo que sentimos naquele momento.

Mas ela sabe que não consigo me distanciar dela por muito tempo, talvez ela seja como o ar que eu respiro, tão essencial para a vida humana. A vida precisa de momentos assim. Eu preciso me embriagar e me entorpecer com a beleza dela de novo.

Trecho de um jornal

Alguém que eu amava me apresentou essa música e ela se tornou um tema nosso. Mas o tempo passou e nos afastou, e percebemos que o amor já não era mais verdadeiro. Por muito tempo, não consegui ouvir essa música sem chorar do fundo da minha alma.

Agora volta e meia me apego pensando nela e os doces momentos que não voltam mais. Eu quis viver a ilusão, viver só pra ela, assim é a vida quando os corações não se encontram mais, e assim vou seguindo carregando em meu peito as cicatrizes de um (passado) presente em meu rosto.

Fonte: Primeira estrofe. Cesar Gaglioni27 de maio de 2022(atualizado 03/06/2022 às 22h39) Nexo Jornal.

O sonho de uma garota ucraniana

Quando a guerra começou, o som das bombas e o medo de perder aqueles que ela amava – estremeceu o coração de Lila – a garota dos cabelos escuros, que cresceu na cidade de Bucha, e sonhava diferente dos sonhos das adolescentes de sua idade, queria ser escritora.


Sua família era pobre, mas nunca lhe faltou nada, entre os sonhos e a realidade existia os russos que bombardearam seu país. Seu pai foi convocado para o serviço militar, e morreu junto com outros companheiros quando seu acampamento foi atacado por dezenas de bombas após um drone de observação os encontrar.

Quando o exército russo entrou em Bucha, pilhou, assassinou e violentou mulheres e crianças indefesas que não podiam lutar, seu irmão foi fuzilado quando se dirigia a uma fila de sopa e pão que era distribuída na cidade aos civis, uma fração de 4 soldados estupraram sua mãe um após o outro, em seguida a enforcaram.

Lila conseguiu fugir da cidade em direção a oeste, procurando a fronteira da Polônia, procurando um sonho para se manter em pé, e não cair de tristeza em razão da solidão que passava, Lila apenas queria sorrir novamente.