Away from me

Eu cruzei as sombras de minha memória para poder te achar. Eu naveguei por entre os barcos e sobre as ondas do mar, só para poder te sentir.

Ficaram ainda a marca de nossos pés sobre a areia, e nas cordas que vibram em meu coração, eu ainda posso sentir o som da melodia que era só nosso.

E já estivemos juntos nas nuvens, e já sentimos o vento suave balançar nossos cabelos, você vai notar tudo isso quando vier a tua memória.

E nas ações de nossas almas, ficamos aqui, um a pensar no outro, sabendo que o tempo não pode trazer isso de volta, e perdendo a cada dia a sanidade de nossas vidas.

Anúncios

Tempos difíceis

Eu poderia procurar deus na sinagoga, mas em tempos difíceis como esses, encontrar deus na sinagoga é muito perigoso. Eu poderia encontrar deus na igreja cristã, mas em dias difíceis como esses, ao me verem procurar deus em uma igreja cristã, talvez não seja aceito, o comércio é maior que a própria economia de mercado. Eu poderia procurar deus em uma mesquita, mas em tempos difíceis como esses, procurar deus em uma mesquita é muito perigoso, posso ser taxado de terrorista, posso ser linchado em plena praça pública. Eu decidi então negar a existência de deus em todo lugar que eu for, mas em tempos difíceis como esses, aceitar ou negar a deus, é o único fio que determina está vivo ou está morto. A religião é o analgésico e o instrumento de controle de toda essa sociedade.

O mar

O mar a levou, talvez o mar tenha a levado para bem longe, longe de nossas praias, longe de nossas vistas, longe de tudo aquilo que um dia fomos.

Ninguém pode partir sem vem o mar, ninguém pode sumir sem deixar de ver o mar, pois o mar é a esperança de uma passagem tranquila para além da dor.

E no fim todos retornam para casa, regressos com suas tristezas, com aquilo que quiseram ser e não foram, que quiseram se tornar e não foram.

No fim, morreremos sem nada, no fim levaremos para a terra apenas a matéria transformada com o tempo, no fim seremos o que sempre fomos. Nada!

Onde será, que você está agora?

Posso te procurar nas folhas secas que caem das árvores em pleno fim de outono. Eu posso te procurar nas nuvens que passam sobre minha cabeça sem despejar uma gota.

Eu poderia te encontrar em todos esses fenômenos da natureza, mas é no suspiro do vento quando ele passa soprando meus cabelos.

Que então eu posso te encontrar em minhas lembranças, quando todas as pessoas vão embora, quando resta apenas eu com meus pensamentos.

As pessoas sempre vão embora de nossas vidas, nós também em certas horas vamos embora de outras vidas, e assim o sol se põe mais uma vez no oeste.

Nem mesmo o tempo conseguiu fazer eu esquecer você

As primaveras passam, todas as primaveras sempre passaram, mas um ano após o outro sempre teremos primaveras. E os dias vão passar para você rápido, eu sei. Os dias sempre passam rápido quando queremos que ele passe devagar. Tenho medo de não conseguir viver, tenho medo que ao tentar te esquecer encontre a loucura ao meu lado.

Talvez relembre das estrelas que haviam em tua face, olhando a noite para as constelações no firmamento, sabe, eu encontro teu sorriso em cada constelação, teu sorriso é a minha contestação de cada dia.

Vão ficar as marcas de tudo o que somos e de tudo que vivemos, talvez você busque o sol no final da tarde, talvez a noite você vá ver o mar, e a lua aparecer por trás das nuvens.

Mas agora sinto que não estás aqui, ao meu lado – eu sei, mas estiveste em minhas lembranças, sempre estiveste em minhas lembranças, o tempo mudou minha face e todas minhas atitudes, mas nem mesmo o tempo conseguiu fazer eu esquecer você.

Não vamos nos dispersar

Mesmo quando o sol cruzar os campos floridos, e dispersar os últimos cristais de gelo, saiba que eu estarei aqui, te esperando do outro lado da ponte. Eu sei que a vida te machucou mais do que você esperava, mas a vida é assim, ela é como o vento forte que destrói todas as flores fracas e deixa apenas as fortes.

Eu não acredito em deus você sabe, mas acho que deus não teria paciência para aturar um ser tão complexo quanto eu, mas o importante é que quando você chegar perto de mim, não me deixe se dispersar, não me deixe se perder do teu cheiro e ficar contigo apenas na memória, não me deixe.

Agora já é tarde, e o dia está amanhecendo, eu sei que tudo foi um sonho, como os outros dias que você veio para me confortar e me fazer sorrir, sei que outros dias assim virão, e o que me resta será apenas aceitar a tua ausência, e tentar seguir de novo, tentar seguir mais uma vez.

Voltamos a viver

Eu hoje acordei querendo te buscar nos meus sonhos, nas últimas esperanças que a vida nos dá, eu estendi minha mão para te salvar, para te levar para casa, mas sua imagem sumiu como fumaça se diluindo no ar, e eu apenas fiquei parado te vendo sumir diante dos meus dedos.

Quem me dera, que tudo isso que senti hoje não fosse um sonho, eu vi um sorriso despontar dos teus lábios, eu ouvi tua voz chamar pelo o meu nome, e eu senti tuas mãos acariciar meus cabelos aos vento que passava suave sem nos incomodar.

Eu senti tudo isso hoje, e eu queria sentir novamente, só que dessa vez para sempre, daqueles para sempre onde os monstros da vida não podem nos alcançar, mas sei que tudo isso é um sonho, tenho que acordar para a vida e voltar a viver. Eu voltarei a viver, não só por mim, mas também por você, eu viverei por nós dois.

Foto: Fiona Larkins