Bela como a Via Láctea

Quando vi teus olhos pela primeira vez, confesso que deles não pude me afastar. O frio, o Planalto, todas aquelas montanhas que se perdiam no horizonte, tudo isso remetia ao teu olhar.

Você fala que minha Vida é envolta em mistérios, mas o teu sorriso de tão lindo, há mais mistérios que toda a complexa Via-lactea, e assim vou guardando seu sorriso na lembrança.

Quem dera poder te ver uma vez, quem dera poder superar toda essa distância, você me mostraria o Planalto, e eu te mostraria o mar salgado dos meus tempos de infância.

Espero que estejas bem, espero que os dias que virão nos tragam a esperança de dias melhores, espero um dia te ver diante dos meus olhos, espero que tudo isso não fique apenas na esperança.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s