A dor da rosa vermelha

A rosa vermelha cansada de chorar olhou para o beija-flor e disse: O meu peito está doendo, e minhas lágrimas não param de cair! O beija-flor surpreso com a rosa parou no tempo e olhou para o alto!

Oh meu amor! O Meu coração que pulsa freneticamente só pulsa por tua causa! A rosa novamente olhou para o beija-flor e disse: Você mentiu para mim, eu não sabia que por onde você passa, todas as rosas ficam a te observar.

O beijar-flor sorriu, e falou que todas as rosas possuem perfume, mas o único e verdadeiro perfume era o da rosa vermelha que exalava ele por dezenas de quilômetros.

Uma lágrima despontou das pétalas da rosa e ela falou que o seu peito estava doendo. O beijar-flor demonstrando todo seu amor disse que não ia embora, e que todas as rosas poderiam ser iguais, mas que no fundo do peito ele amava unicamente essa rosa, a rosa vermelha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s