Vida – A vida é muito breve para pensarmos no amanhã

Não sei por que perguntas se te amo Vida! Se sabes que o sentido da minha vida é te amar nem que seja por um dia. Então vamos a montanha, por hora não quero pensar em nada, só quero ser teu, e nesse instante quero que também sejas minhas.

Rumores de pandemia escutamos lá fora, esqueçamos a vida – Vida – e nos concentramos apenas um no outro, pergunta-me se te amarei amanhã! Te respondo não sei Vida! Pois nossa existência é muito breve para pensarmos no amanhã.

E nossos olhares estão tão distante Vida! Volto meu olhar para tua bela face, e arranco um sorriso do teu rosto quando digo “que meu amor por tigela” e nesse momento já estamos paralisados um pelo o outro.

Agora já é tarde, pois o sol já se foi, nessa hora fazemos um pacto de sangue, e prometemos não nos distanciar mesmo que a vida seja cruel conosco – pois, agora eu já sou seu, e na imensidão do universo sei que para sempre tu também serás só minha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s