O amor é como as plantas que a gente cuida

Assim disse ela querendo me alertar, assim fiquei eu a flertar com esse pensamento, e ela pediu para eu cuidar dela, porque sua vida andava amarga, que se não fosse para somar era melhor eu esquecer dela.

Senti por um instante que mesmo andando alegre pelas ruas, ela estava triste, ela sentia solidão, a mesma solidão que invade as casas e os quartos durante a noite.

E eu jurei meu amor para ela, e ela também jurou seu amor para mim, e disse que mesmo a vida não nos unindo, que ficasse entre nós pelo menos o sentimento da amizade, e escondido no interior de nossas mentes a descrição da eterna saudade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s