Humanamente humanos

Sim ainda é meia noite. Quem lá fora pode escutar as vozes que daqui eu escuto? Nessa hora tudo o que eu mais queria, era não tornar a ouvir o som repetino de minha voz me chamando.

Tenho alguns anos de vida dedicado a mim mesmo, e a maioria dos outros dedicado a uma pessoa que eu não sou. Às vezes acredito ouvir vozes, às vezes ainda acho que sou normal.

A era da tecnologia a cada dia nos aprisiona, a era da tecnologia a cada dia me torna menos humano, e a cada dia que passa eu envelheço, mesmo continuando a ser criança, eu envelheço como se o tempo não passasse.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s