Eu saí para viver

Sim, eu sempre estive lá, passaram-se as estações e os anos, e eu sempre estive lá, nesses últimos dias observei Marte e Júpiter no céu noturno, o mesmo céu que compartilhavamos emoções no firmamento. Talvez agora, você recorde nossas vidas em retratos ou feche os olhos para nos encontrar em tua memória, mas agora, se você vier me encontrar não vai poder me achar, eu saí para viver, desde que você foi embora as tempestades devastaram essas terras, eu saí para viver, pois descobri que a vida é curta, e não dá para buscar o tempo perdido, saí para viver como os pássaros que se arriscam no ar, e desde que eu saí para viver, juro não quero mais voltar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s