La felicità sono i bambini

Existe dias que tudo que mais queremos é ver o mar, pois só o mar pode nos entender essa tristeza oculta que nos abate. O mar e o vento pode carregar tudo para longe de mim.

Eu descobri que a tristeza não vem da vida, eu descobri que as pessoas são os verdadeiros monstros que há nas histórias de fadas e em nossa realidade.

As pessoas em tese, não almejam a felicidade do outro e sim apenas sua própria felicidade, mesmo que isso custe o sofrimento do próximo.

De regra devemos apoiar apenas nos sorrisos das crianças, pois só elas possuem a pureza de um universo cercado de monstros, que a cada dia nos tira um pedaço, que a cada dia nos testa os limites da alma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s