Vento suave

Vai vento suave das manhãs e madrugadas, e diz a ela que ainda guardo os beijos dela nos lábios e no mais íntimo pensamento. Diz a ela que talvez eu a encontre na Chapada Diamantina, ou no caminho dos sítios que um dia planejamos nos encontrar, tenho ainda todas as lindas fotos que ela me mandou, tenho ainda em mim a sua voz chamando o meu nome. Tenho ela bem aqui, onde nem o tempo ou o vento pode de mim ela arrancar, pois ninguém nesse mundo fará eu esquece-la, ela é a moça mais linda que cruzou o meu caminho, e aqui no meu coração eu sei que para sempre ela vai habitar. Sei que ela guarda todas nossas lembranças no fundo do mar, e às vezes quando bate a saudade, ela vai olhar o que vivemos e o que fomos durante toda essa vida. Eu estarei aqui perto do mar, admirando os barcos e para sempre pensando nela, pois no meu coração ela nunca deixou de habitar.

Foto: Eric John

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s