Olhei para trás e vi que tinha vivido uma vida quase razoável, eu vi e resenti que o que herdamos da vida e da sociedade, é que todos querem transformar tudo em pecado.

Então de agora em diante segure um pouco a minha mão, porque da vida nem o tempo que nos castiga é correto, nem o amor que tenho por ti pode ser revelado.

Em cada rosto existe uma curiosidade em saber o que o outro faz, então meu amor, desse tempo de agora em diante, não censure os seus desejos, não deixe de viver por causa da sociedade.

Ame e se deixe amar, viva o que te faz bem, e o que não te faz bem, descarte tudo e jogue fora na próxima parada.

Anúncios