Nos caminhos de York 

Eu hoje acordei com uma vontade de fazer uma poesia para você, quando tenho saudades sempre me vem essa vontade de fazer poesias.  Eu queria te eternizar em meus sonhos, e dizer que me fazes bem.

Da vida sei que não levarei nada, também eu sei que não vou para lugar nenhum, mas quero o doce dos teus lábios e sentir o perfume de tua pele.

Os homens, a política, deixo tudo sem olhar para trás, faz tempo que não quero olhar para trás, mas se um dia veres uma estrela sozinha nesse imenso universo a brilhar. 

Saibas que você também foi uma estrela para mim, lembras que quando os dias tornaram-se noites escuras, era por esse brilho que eu sempre  seguia, e foi para você que resolvi escrever essa história. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s