Comecei a escrever coisas simples para teu coração que pensava ser de pedra, escrevi coisas minhas, coisas lá da minha terra, coisas que nos toca sem ao menos percebemos.

Eu escrevo porque acho bom escrever, talvez para preencher um vazio que sempre está na gente, afinal somos humanos e todos sentimos isso.

Deixei de confiar na humanidade, passei a confiar em mim mesmo, dos outros não espero respostas, encontrei na memória vasculhando minha mente.

Agora os dias se passam, daqui a pouco completará anos que escrevi essa história, e a partir de agora só quero viver, e está com quem gosta da gente, está realmente com quem gosta da gente.

Anúncios