Quia peccavi tibi

Naquele dia que cruzei o teu destino, talvez ou nem se quer você me notava, talvez eu fosse poeta e você uma menina que não entendia as coisas da vida.

Hoje compreendo tudo de forma diferente, eu não consulto os astros, eu nunca acreditei nessas coisas, eu quero te ver novamente, e me desculpar se te magoei na tarde passada.

Acho que existe um pouco de loucura em cada ser humano, eu você sabe, às vezes tenho complexos de incorporar a história romana.

Eu não acredito em pecados, não existe pecados, mas nessa tarde acho que pequei contra ti, eu quis ter o que não se pode ter, eu quis tocar tua alma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s