Eu vi uma onda de loucos se levantarem como animais, talvez eram cavalos esmagando o solo com seus cascos de ferradura. Na porta havia uma moça que olhava assustada vendo todo aquele espetáculo.

Ela tinha um irmão que não se encaixava aos padrões requerido por essa onda, eles falavam em nome da família, de Deus e da propriedade, e negavam a diversidade.

Para eles não existia trabalho escravo, e a fome! a fome era produto de um ser preguiçoso que não tem aptidão para o trabalho.

Essa onda quer varrer da face da terra, os gays, os ateus e os intelectuais, pois essa onda os classificou de párias da sociedade.

E quem não conhece a história, mergulhou fundo nessa onda, e se esqueceu de olhar para o passado, pois ondas como essas já passaram pela terra e deixaram rastros de sangue.

Essas ondas já banharam a costa dos Estados Unidos, da Alemanha e da Inglaterra, agora surgem no Brasil, e querem nos livrar do crime e da corrupção, mas eu sei que por onde essa onda passar, vai deixar o mesmo rastro de sangue e lágrimas, que criou os guetos e a Guerra de Secessão.

Anúncios