Non est

O que existe entre o silêncio e o falar, são circunstâncias que talvez o vento não possa apagar, porque talvez permaneça para sempre em nossas lembranças.

E é pela linguagem dos meus pensamentos que você sentirá a verdade, que pulsa em mim como uma chave procurando revelar os meus segredos.

Talvez você perceba que eu existo, quando partir do cais o último barquinho do meu porto, que navegará em mares abertos a procura do teu porto seguro.

E nessa hora, talvez seja tarde para voltar ou para refletir o por que dessa partida, mas nesses passos inseguros que damos na vida, às vezes é preciso arriscar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s