Da natureza dos homens

Até mesmo o mais inteligente dos homens se rende quando o amor vai embora, seus anos de leitura não suprem a necessidade da ausência que essa falta lhe faz.

Já o homem do campo tenta curar as feridas se afogando no álcool ou não deixando mais que esse amor perdido se encontre em outros braços tudo aquilo que já viveu.

O homem inteligente se contém em seus pensamentos e até mesmo reflete porque tudo isso aconteceu, o homem inteligente pensa até em suicídio.

Os homens são assim em sua natureza, hora se entregam e hora se desfazem em prantos sobre a mesa, pensando na saudade do amor que foi embora, levando consigo todas as lembranças do passado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s