A Caminho das Estrelas

Te vejo a distância, pois não posso estar perto do teu brilho, os caminhos são infinitos e a espera um pouco desconfortante, e podes perguntar porque tanto admiro as constelações!

Eu te comparei as estrelas para te ter perto de mim todas as noites, e de casa as vezes saio pela madrugada para te ver brilhando e se destacando entre outras estrelas.

Eu poderia te comparar as orquídeas que nascem e são raras no Planalto da Borborema, ou as aves marinhas que contornam a costa do Rio Grande do Norte.

Mas te quis como uma estrela, talvez assim posso me guiar quando perder minha bússola, e quando o tempo estiver nublado, me guiarei com você no pensamento, não pode o destino me afastar dos teus braços e você é a estrela mais bela até o amanhecer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s