A Perpetuação da Miséria

Os pobres são a massa falida do Estado. Quando o homem deixou o seu ego falar mais alto que seu olhar, passou a privatizar tudo que havia na natureza, e percebeu que poderia tirar vantagens a mais que seu opontenente, talvez um extinto da natureza, para se destacar entre as mulheres e se proteger do frio e das estiagens, adquiriu mais grãos e peles, e quem perto dessa tribo ou comunidade não tivesse os mesmos bens, tiveram que se submeter aos avanços da época, homens para não passar fome tornaram-se servos, nascia aí a era da escravidão que também aumentava com a guerra entre os vizinhos, e os perdedores quando não eram abatidos seriam a nova massa de trabalho para produzir ao vencedor.

Assim nasceu a estrutura do capitalismo, milhares de anos se passaram e o homem sempre tentou se sobressair entre os homens, talvez o comunismo exista nas tribos indígenas da Amazônia que pouco a pouco está desaparecendo com o avanço dos fanáticos religiosos e com a destruição das florestas.

Quando Robspierre sonhou com a destituição da monarquia, viu que o sistema político parasitava há séculos nas entranhas do Estado, o luxo sobrevivia da fome e da morte da população francesa, mesma coisa com a monarquia russa que não resistiu ao levante vermelho.

A pobreza existe hoje em dia para perpetuar o poder e o luxo da sociedade rica, não importa qual ideologia você se submete, sua força de trabalho, suas forças e até sua mente existirão para servirem de colunas fragiladas de uma construção que não foi projetada para suportar muito peso.

E nesse meio a quem seja pobre, mas não se consente e nem ao menos tenta olhar para o lado, esperam e acreditam que venham um messias para varrer a corrupção, onde quase sempre ele está inserido, e decapte todos aqueles que de uma forma ou de outra nasceram pobres e herdaram todas essas moléstias do passado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s