Em um campo distante havia uma moça bonita, que sonhava todos os dias com um príncipe encantado, esse príncipe não era daqueles idealizados em contos da Disney, não cavalgava em cavalos belos, ou a protegia dos perigos eternos dos romances inacabados.

Esse príncipe era um homem simples, que a entendesse quando ninguém mais a entendia, que revelasse a beleza da vida, através de uma forma escrita que a fizesse sonhar.

Os poetas são homens simples que traduzem a vida com uma forma encantada, e quando todos perdem o sentido que os fazem sonhar, os poetas pegam as penas e os papiros e descrevem a vida de maneira encantada.

Anúncios