É triste quando todos os sonhos estão perdidos, e os sonhos sempre se perdem.
Lembra quando olhamos o mar naquela
Noite tranquila, você estava alegre e o brilho
Refletido em seus olhos era mais forte que
Todas as estrelas da Via Láctea.

Lembra quando segurei tua mão diante da
Escuridão. Eu sempre quis ser sua fortaleza,
O seu porto seguro. Agora o meu olhar pelo
Teu ele procura, nem as fotos ficaram para
Eu lembrar de tua face, não sei porque as
Coisas terminam assim.

Existe apenas uma alternativa, correr atrás
De você e tentar esquecer o que passou, começar do zero para não engolir os monstros do passado. Que estupidez a minha! Os monstros sempre foram criados por você.

Desculpa eu está aqui. Desculpa te procurar
Dessa forma, é que você sempre estevesse aqui do lado esquerdo do meu peito e te tirar não é fácil, nunca foi fácil. Partimos com raiva, pois quando todos os romances se acabam não sobra felicidade, apenas raiva e uma forte saudade.

Anúncios